HOME

 

FAZENDEIROS DESRESPEITAM PORTARIA DO NATURATINS E CONTINUAM QUEIMANDO

ASCOM/Radio Talismã FM 87,9
02/02/2019 - 18:00

Fazendeiros desrespeitam a Portaria 180/2019, do Naturatins, que suspende a emissão e a vigência das Autorizações Ambientais de Queima Controlada em todo o território do Estado do Tocantins. A suspensão é motivada pelo período de estiagem e está em vigor até o dia 20 de novembro próximo. O documento considera que no período de estiagem existe ameaça de incêndios florestais, que podem ser agravados pela vegetação seca e outras ocorrências climáticas como ventos fortes e baixa umidade do ar, considerados grave risco ambiental. A medida visa garantir que a população tocantinense tenha preservado o direito a um meio ambiente ecologicamente equilibrado, mas na pratica o povo continua sofrendo com a fumaça.

Deveria ser assim, o produtor rural que possui a autorização para realizar a queima controlada não poderá realizar esta prática, até 20 de novembro de 2019, período de vigência da Portaria Nº 180, expedida no dia 28 de junho último, pelo órgão ambiental. Durante este prazo o Naturatins não emitirá autorizações para a queima controlada.

Em Talismã a Defesa Civil realiza o monitoramento diário, em caso de detectar qualquer indicio de queimada, é realizado o deslocamento dos agentes até a propriedade, ao chegar, é realizada a abordagem e o produtor é identificado, questionado sobre a queimada em curso e por fim recebe a notificação. Já no caso de incêndio Florestal, a Defesa Civil, aciona a Brigada que entra em combate imediatamente. Talismã conta com 04 brigadas e são elas: Brigada Anjos da Selva, Brigada Tietê, Brigada Tamboril e Brigada Guarani. O descumprimento da Portaria por parte dos produtores prejudica o trabalho da Defesa Civil de uma maneira geral, independentemente de qual seja o município.

Em 2019, a Defesa Civil Estadual vem bravamente mobilizando os municípios, para implantação da Defesa Civil Municipal e contratação de brigadistas, mas por outro lado fata o respaldo da Fiscalização, como por exemplo no cumprimento da Portaria 180/2019, do próprio Naturatins, que licencia os desmatamentos e a queima do material lenhoso.

_______________________________