JORNALISMO

 

LAUDO CONFIRMA A VERDADEIRA CAUSA DA MORTE DE ANA CAROLINA SIMIONATO MOURA

ASCOM/Raiz da Terra
02/11/2013 - 17:00

O laudo do médico legista Jorge Kazuo Yoshida, Perito Oficial confirmou que ANA CAROLINA SIMIONATO MOURA morreu vitima de Edema Agudo de Pulmão. Ana faleceu no dia  04/08/2013, por volta de 02h00min, deixando muitas dúvidas para ser esclarecidas, uma vez que um erro na certidão de óbito, indicava como causa da morte asfixia mecânica, deixando assim, seu esposo Reginaldo Alexandre de Moura, como principal suspeito de assassinato, o qual foi hostilizado pela maioria da população e desde então sua vida foi transformada pela injustiça, mas com apoio dos verdadeiros amigos e de seu advogado, está se sentindo aliviado com o resultado do laudo nº 01.100.08-13, datado em 21 de outubro de 2013.

Reginaldo e seus verdadeiros amigos, incluindo o Presidente do Grupo Raiz da Terra, João Carlos Lopes, que em nenhum momento acreditou na possibilidade do envolvimento do amigo em assassinato, uma vez que não há segredo entre ambos. João no momento que ficou sabendo da causa da morte indicada no laudo, foi a Unidade Básica de Saúde, e solicitou que o Advogado  exigisse o laudo com base nos pulmões e acreditou plenamente no resultado favorável ao acusado, João Carlos, é detetive profissional e técnico em defesa civil, com grande conhecimento em primeiro socorro e resgate e hoje a sua convicção vem ao conhecimento de Todos, restando aos acusadores o pedido de desculpas e o peso de consciência para os que possuem sentimento humanitário!

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

Baixar download

<<<<< Laudo Oficial >>>>>

<<<<< Certidão de Óbito >>>>

<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<

EDEMA AGUDO DE PULMÃO

O edema agudo de pulmão é uma grave situação clinica, de muito sofrimento, com sensação de morte iminente e que exige atendimento médico urgente.
Causas de edema agudo de pulmão: 

  • Infarto do miocárdio - é a causa mais comum
  • Disfunção do músculo cardíaco
  • Doenças das válvulas, aórtica ou pulmonar

Administração exagerada de líquidos, comum em crianças ou pacientes que recebem líquidos (soros) em excesso pelas veias.

O coração é dividido em quatro partes (câmaras) responsáveis pela entrada de sangue no coração; um átrio e um ventrículo à direita, um átrio e um ventrículo à esquerda, responsáveis pela circulação do sangue no coração e por todo o corpo.. Na insuficiência cardíaca esquerda, há um acúmulo de sangue nas veias e capilares pulmonares a tal ponto que acontece um extravasamento de fluídos para os espaços aéreos dos pulmões. Isso deixa o pulmão menos elástico e com menos superfície de contato entre os gazes inspirados e o sangue.

Prevenção do edema agudo de pulmão.

  • Na maioria dos casos, não temos possibilidade de evitar o edema agudo.
  • Os riscos podem ser diminuídos pelo pronto tratamento e pela condução adequada das doenças que podem levar ao edema agudo.
  • Sinais e sintomas de edema agudo. 
  • Respiração curta com severa dificuldade respiratória.
  • Fome de ar
  • Respiração estertorosa; pode-se escutar o borbulhar do ar no pulmão.
  • Ortopnéia-o doente sente necessidade de sentar, não tolera permanecer deitado.
  • Batimento das asas do nariz (eventual)
  • Expectoração sanguinolenta e espumosa (eventual)
  • Uma radiografia de tórax pode mostrar o acúmulo de líquidos no pulmão.

Tratamento.
O edema agudo de pulmão é uma emergência médica e necessita de: 

  • tratamento imediato
  • transferência para um serviço de urgência ou emergência de um hospital
  • Se possível, dar oxigênio por máscara ou através de entubação da traquéia.

O garroteamento alternado de pernas e braços pode ser feito enquanto se aguarda um atendimento especializado.

Na emergência podemos usar Furosemida por via intra venosa (na impossibilidade de obter acesso venoso, pode-se administrar o medicamento via intramuscular) na tentativa de forçar a eliminação de líquidos, morfina para aliviar a congestão pulmonar e a ansiedade. As demais medicações usadas são para tratar as doenças que estão por trás do edema agudo. Isso deve ser feito por médico e num ambiente hospitalar, de preferência.

Por ser o edema agudo de pulmão uma emergência médica, a prioridade no momento do atendimento é a administração dos medicamentos e as medidas que aliviem o trabalho do coração. A remoção para um local adequado é a segunda prioridade.

Esteja preparado para emergências!

Mantenha sempre os telefones dos serviços de emergência e do seu médico à mão, num lugar de destaque e acessível. Em Talismã (63) 3385 – 1140

___________________________________________________________

COMENTÁRIOS: <<<< AQUI >>>